Bioestimuladores de colágeno e o rejuvenescimento da pele


O organismo produz colágeno naturalmente ao longo da vida – proteína essencial à manutenção da firmeza e da elasticidade da pele. Com o avanço da idade, os níveis de colágeno reduzem e o resultado é o surgimento das linhas de expressão, rugas, flacidez e outras situações que provocam a má-aparência da pele.


A Dra. Isadora Rabaioli, cirurgiã-dentista e especialista em Harmonização Facial da Le Clinique, esclarece que o colágeno é uma substância abundante em nosso corpo e possui a função de manter as células unidas, fornecendo suporte à pele e força para os músculos. “A derme é composta por mais de 70% de colágeno. Após os 30 anos de idade, a produção natural de colágeno decresce cerca de 1% ao ano e começam a surgir os primeiros sinais de envelhecimento”.

Com o avanço da ciência surgiram os preenchedores e bioestimuladores de colágeno cutâneos que possuem capacidade para bioestimular a produção do colágeno e, com isto, provocar o rejuvenescimento da face. São procedimentos minimamente invasivos que revolucionaram o tratamento facial e são considerados eficazes e seguros. Mas, atenção, a escolha certa do profissional é fundamental para o sucesso do procedimento.

A decisão pelo uso do bioestimulador de colágeno revela uma pele mais firme, menos flácida e o aspecto do rosto alcança uma aparência natural e delicada.


Você tem alguma dúvida?

Converse com a Dra. Isadora Rabaioli acessando o botão abaixo:



Dra. Isadora Rabaioli

Cirurgiã-dentista e especialista em

Harmonização Facial da Le Clinique

(47) 98889-8720

lecliniquebc@gmail.com

34 visualizações1 comentário